Projeto de Decoração de interiores

Projeto de decoração de interiores: 3 coisas que você não pode se esquecer!

Começando um novo projeto de decoração? 

A maioria das pessoas acredita que criar um projeto de decoração de interiores  é uma coisa simples, mas quem pensa assim está completamente enganado.

É necessário  ter conhecimento sobre estilos, materiais, composições, iluminação é preciso senso estético, empatia e capacidade para entender bem as necessidades do seu cliente e adaptar o projeto de tal forma que este saia incrível estáticamente e que seja funcional o bastante para que todas as necessidades do cliente sejam atendidas.

Se manter atualizado, por dentro das tendências é mais que essencial, mas algumas dicas podem ajudar muito na construção de um projeto de decoração.

Vamos nessa!

Pense no cliente…

O segredo do sucesso de todo o profissional é atender a todas as necessidades e anseios dos clientes. Mas é você, como a pessoa encarregada e com experiência, que precisa muitas vezes direcionar seu cliente a fazer a melhor escolha, e por isso você precisa entendê-lo bem.

O especialista neste tipo de projetos é você! Por exemplo, o seu cliente pode achar que carpete na casa toda é lindo, mas você precisa fazê-lo entender que colocar só na suíte casal é uma boa idéia, já que ele tem dois pets dentro de casa e um filho com rinite alérgica.

São detalhes como esse que vão deixar o seu cliente satisfeito com o resultado final do seu projeto de decoração e vai fazer com que você consiga fidelizar e ganhar indicações do seu cliente.

Tangibilize o seu processo e mantenha-o em foco!

A maioria dos seus clientes ao imaginar um projeto, instintivamente, acaba tendo uma visão errada do uso dos materias, nem sempre a aplicação pode ser feita, a maioria das vezes é preciso adaptar aos projetos e ambientes materiais o uso de tecidos e acabamentos mais resistentes e duráveis.

Convencer o cliente de que aquilo que ele imaginou não é uma boa ideia, é uma tarefa bastante ardua, mas se você tiver uma grande gama de referências pode entregar ao seu cliente projetos até melhores do que ele imaginou, só adaptando e substituindo materiais.

Para conseguir visualizar melhor o ambiente e para que você consiga fazer com que o seu cliente abra a mente à uma nova solução para a decoração, você deve trabalhar com maquetes eletrônicas.

Com as maquetes eletrônicas você pode “antecipar” o resultado final do projeto para o cliente e durante a construção da sua maquete e execução da obra, você vai conseguir manter em mente o ambiente de uma forma muito mais fácil e prática.

Quer aprender a criar maquetes eletrônicas incríveis? Conheça os nossos cursos, dá um clique aqui!

Além de falar sobre os elementos que você pensa em incluir na decoração, também é importante mostrá-los visualmente para o cliente.

Tenha o seguinte em mente, quanto mais capaz de visualizar as suas ideias, maiores serão as chances suas chances do seu cliente ficar encantado com o resultado final.

Cuidado com o orçamento!

Antes de começar qualquer projeto estabeleça um orçamento, um limite de gastos com o seu cliente, para que a partir daí você possa oferecer a melhor solução com o melhor custo benefício para ele.

Tome cuidado para não frustrar seu cliente usando materiais fora do orçamento, mantenha se atualizado com os valores de tudo.

Seja prático e criativo, mescle materiais mais luxuosos com materiais mais simples, um bom projeto em Sketchup pode acabar com as alterações diretamente na obra, já que ele é fiel a realidade , e você pode incluir elementos e materiais extremamente próximos aos naturais e físicos.

Você por acaso já trabalha com maquetes eletrônicas? Saiba como deixar suas maquetes ainda mais realistas usando o Glossiness no Vray 3.4. Dá uma conferida no vídeo abaixo!!!

Comentários