7 áreas de atuação do arquiteto para você explorar!

Quais são as áreas de atuação do arquiteto?

7 áreas de atuação do arquiteto

Neste artigo vamos abordar um pouco sobre algumas 7 áreas de atuação do arquiteto para que você que está apenas se formando ou que está pensando em fazer o curso de arquitetura possa definir qual caminho seguir.

Vamos lá?!

1. Urbanismo

Urbanismo é uma vertente cada vez mais importante da arquitetura e a maioria dos cursos de formação, no Brasil, consite em arquitetura e urbanismo.

Esta área de atuação do arquiteto, se encaixa na criação de projetos de planejamento de uma região, bairro, cidade, assim como de áreas livres e da criação do layout de conjuntos habitacionais.

Com o crescimento populacional e da necessidade de espaço para moradia, trabalho e bem estar  nos grandes centro o aproveitamento da área útil é parte crucial da arquitetura e faz uma enorme diferença em qualquer projeto.

2. Decoração de Interiores

Com o dia a dia das pessoas a cada dia mais atribulado, a necessidade e ajuda e apoio de um profissional capacitado e que esteja disponível para projetar e executar projetos nos interiores de residências e escritórios é a cada dia maior.

O bom uso do espaço, a qualidade dos matérias, o acabamento e execução a obra são tarefas do cotidiano de um arquiteto e que são necessárias na decoração de interiores.

3. Paisagismo

O paisagista trabalhana  criação e de concepção de projetos em dos espaços abertos, como por exemplo, jardins e praças.

Um profissional de paisagismo pode  também efetuar o projeto de fachadas e jardins residenciais ou de áreas particulares. Quem trabalha com paisagismo precisa ter  uma grande preocupação a composição estética da paisagem e da arquitetura como um todo.

4. Comunicação Visual – Design Gráfico

Esta é uma das áreas de atuação do arquiteto que poucos formados seguem, mas que pode abrir um novo legue de possibilidades para o arquiteto.

O profissional que trabalha com a criação da identidade de uma empresa e também de um produto, podendo também lidar com desenho industrial, cinema e cenografia. Isto tudo além da diagramação de revistas, jornais e catálogos.

Que precisam de senso estético e precisão. Coisas que alguém formado em arquitetura tem e muito.

5. Restauração

A restauração trata-se da recuperação de construções antigas ou deterioradas e, sinceramente, para mim é uma das áreas de atuação do arquiteto que mais me fascinam!

Quem trabalha nesse ramo deve possuir técnicas e conhecimentos em restauro, visando sempre manter a integridade total e as características originais da edificação.

Além de técnicas de construção e reparo são necessários um cuidado especial com a manutenção de certos detalhes, o que torna todo o processo mais lento exige muito mais cuidado.

6. Luminotécnica

A Luminoteca é voltada especificamente para projetos de iluminação de ambientes, pequenos ou grandes, seja eles interiores ou exteriores. O ponto forte de quem trabalha com luminotecnica são os eventos, a arquitetura de luz, é um dos principais meios para decorar eventos ao ar  livre como casamentos e convenções.

Nesse ramo de atuação, o arquiteto será responsável em pôr o projeto para acontecer. Ele acompanha e administra toda obra, de forma que tudo saia conforme proposto no projeto, além de ser responsável pela execução e pela manutenção durante todo o evento, e por garantir que tudo funciona perfeitamente e ocorra sem percausos.

7. Criação de projetos 3D.

Os profissionais que atuam nessa área são normalmente pessoas especializados em modelagem 3D, renderização, iluminação ou pós-produção.

Todos sabemos eu desenhar um projeto pode ser muito trabalhoso, e um projeto renderizado, pode ser  criado para imitar uma fotografia pode ser o diferencial necessário para conquistar um cliente, ou pode ser um executivo, com detalhes minuciosos do projeto específicos  para facilitar desde o andamento da obra e  compra e materiais.

Atualmente existem diversos softwares de renderização, o mais famoso é o Sketchup, que quando bem usado é capaz de imitar fielmente a realidade, desde iluminação até a textura dos tecidos.

Agora é só escolher qual área de atuação mais combina com você e se preparar para uma carreira de muito trabalho e sucesso!

Quer aprender a trabalhar com criação com maquetes eletrônicas e a criar projetos 3D incríveis? Dá uma conferida em nossos curso, clicando aqui!

Comentários